Entenda a Alergia Alimentar

 

O que é a APLV?
 

Alergia alimentar (AA) é a reação anormal do sistema de defesa do organismo às proteínas dos alimentos.
 


Saiba mais

Como suspeitar se seu filho tem APLV?

Se o seu filho apresentar um ou mais dos sintomas descritos no quadro abaixo é preciso conversar com seu médico para que ele possa investigar APLV.

 

Saiba mais

APLV é comum?

 

A ocorrência de alergia alimentar vem aumentando no mundo como um todo.
 

 

Saiba mais

Qual a diferença entre alergia à proteína do leite de vaca e intolerância à lactose?
 

 

A alergia à proteína do leite de vaca (APLV) é uma reação do sistema imunológico às proteínas do leite, principalmente à caseína, à beta-lactoglobulina e à alfa-lactoalbumina, já a Intolerância à lactose (IL) é reflexo da má digestão da lactose, que é o açúcar do leite.

 

Saiba mais

 

Quais são as possíveis causas associadas à APLV?

 

Genética:

A influência genética / familiar é o fator mais associado ao desenvolvimento da alergia. Filhos de pais alérgicos possuem 75% de chances de desenvolvê-la. Mas crianças sem história familiar de alergia também podem apresentar APLV.

 

Saiba mais

Quais as Causas da alergia alimentar?

 

Em circunstâncias normais, as proteínas dos alimentos são reconhecidas pelo organismo; já na alergia alimentar, o alimento é visto como uma ameaça e o sistema imunológico faz uma reação anormal para o seu combate.

 


 

Saiba mais

 

Como prevenir a alergia alimentar?

 

Muitos fatores são associados ao desenvolvimento da alergia alimentar e o histórico familiar parece ser o componente mais importante.

 

Saiba mais

Qual é o atual cenário das alergias alimentares?
 

Muitos afirmam que alergia alimentar agora está na moda e que nunca houve tantos casos. 

 

Saiba mais

 

O leite materno é o melhor alimento para os lactentes e até o 6° mes deve ser oferecido como fonte exclusiva de alimentação, podendo ser mantido até os dois anos de idade ou mais. As gestantes e as mulheres que amamentam precisam ingerir uma dieta saudável e equilibrada. O uso de mamadeiras/bicos e chupetas pode dificultar o aleitamento materno, principalmente quando se deseja manter ou retornar à amamentação. O médico pediatra e/u nutricionista deve ser sempre consultado.

O ministério da saúde informa: após os 6 meses de idade, continue amamentando seu filho e forneça novos alimentos